Se você e sua comunidade desejam resolver o problema de poluição e contaminação das águas de sua bacia hidrográfica, basta procurar o MINISTÉRIO PÚBLICO de sua Comarca e solicitar providências, através de uma "AÇÃO CIVIL PÚBLICA", contra os poluidores. Não tem custo algum e suas gerações futuras vão agradecer muito!

DIA DA TERRA 2014

DIA DA TERRA 2014
O que fizermos para o nosso PLANETA TERRA será sentido e colhido pelos nossos filhos, netos e bisnetos nas próximas décadas. Poderão ser ações destruidoras ou benéficas...lembrem-se que nossas ações serão cobradas ou valorizadas por nossas gerações futuras! <\b>

Seguidores do Blog SOS Rios do Brasil

27 de junho de 2011

CANTINHO LITERÁRIO: "HOMENAGEM AO DIA DO PESCADOR"



Pescador (*)


Pescador


Pega na rede,

Pega no anzol,

Com suor no rosto

Vai pescando

Contra o sol.

Com sua baleeira

E todos

Seus instrumentos

Busca o seu peixe

Contra o mar

E contra o vento.




O dia amanhece,
Pescador desaparece
Pelo mar,
Sem rumo
Mas com esperança
De voltar satisfeito,
Com seu desejo conseguido,
Com seu dia ganho
E nada perdido
E nada perdido,
Com seu dia ganho
E nada perdido.


O dia anoitece,
Pescador aparece
Com tristeza ou alegria,
Com a baleeira
Cheia ou vazia
E a vida continua
Sem se modificar,
O tempo passa
Sem ele notar,
Sem ele notar,
O tempo passa
sem ele notar.


As ondas
O entretêm
E a pesca
Mais ainda,
Essa é a luta,
Na ida
Ou na vinda,
Sem descanso e paz:
É a vida de um pescador,
A vida de um pescador.


(*) Este poema-canção fala-nos sobre as dificuldades da profissão de pescador e da sua árdua incumbência no mar.
Fala-nos da alegria do pescador em ver seu barco pesqueiro cheio de peixes ou, então, do seu desespero em constatar e saber que, após um dia atribulado em razão de todo o seu trabalho, não conseguiu o resultado da tão sonhada pesca farta.
(*) Este poema está musicado e foi classificado em 3º lugar
no
2º Festival Interno da Canção da ASTJ, em 1987, na cidade de Florianópolis.
Poema inspirado nos pescadores da Ilha de Santa Catarina, principalmente nos da praia dos Ingleses (norte da ilha) e nos da praia do Campeche (sul da ilha), onde Naza Poeta Holístico morou durante 11 (onze) anos. Em ambas as praias, Naza Poeta Holístico ajudou os pescadores – em muitas pescarias – a puxar a rede cheia de peixes (os mais diversos). Era pura emoção! Após, recebia de presente desses pescadores maravilhosos, umas duas ou três sacolas cheias de pescado.
(*) Naza Poeta Holístico apresentou esse poema–canção na cidade de Governador Celso Ramos, litoral norte de Santa Catarina, mais precisamente na Praia de Palmas, no dia 14 de março de 2009 – Dia Nacional da Poesia –, num evento para a veneração da poesia e da cultura em geral.
Após a apresentação, Naza Poeta Holístico ganhou troféu da Associação responsável pelo acontecimento.
(*) Dia 29 de junho é o “Dia do Pescador”. Então, salve todos os pescadores do Planeta, amadores ou profissionais.
Naza Poeta Holístico
19/05/2011



Fonte: Site de Poesias


BLOG SOS RIOS DO BRASIL
ÁGUA - QUEM PENSA, CUIDA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo e deixe aqui seus comentários, idéias, sugestões, propostas e notícias de ações em defesa dos rios, que vc tomou conhecimento.
Seu comentário é muito importante para nosso trabalho!
Querendo uma resposta pessoal, deixe seu e-mail.

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários. Portanto, não serão publicados comentários que firam a lei e a ética.

Por ser muito antigo, o quadro de comentários do blog ainda apresenta a opção comentar anônimo; mas, com a mudança na legislação,

....... NÃO SERÃO PUBLICADOS COMENTÁRIOS DE ANÔNIMOS....

COMENTÁRIOS ANÔNIMOS, geralmente de incompetentes e covardes, que só querem destruir o trabalho em benefício das comunidades FICAM PROIBIDOS NESTE BLOG.
No "COMENTAR COMO" clique no Nome/URL e coloque seu nome e cidade de origem. Obrigado
AJUDE A SALVAR OS NOSSOS RIOS E MARES!!!

E-mail: sosriosdobrasil@yahoo.com.br