Se você e sua comunidade desejam resolver o problema de poluição e contaminação das águas de sua bacia hidrográfica, basta procurar o MINISTÉRIO PÚBLICO de sua Comarca e solicitar providências, através de uma "AÇÃO CIVIL PÚBLICA", contra os poluidores. Não tem custo algum e suas gerações futuras vão agradecer muito!

DIA DA TERRA 2014

DIA DA TERRA 2014
O que fizermos para o nosso PLANETA TERRA será sentido e colhido pelos nossos filhos, netos e bisnetos nas próximas décadas. Poderão ser ações destruidoras ou benéficas...lembrem-se que nossas ações serão cobradas ou valorizadas por nossas gerações futuras! <\b>

Seguidores do Blog SOS Rios do Brasil

8 de fevereiro de 2011

SOS OSTRAS NATIVAS EM PERIGO DE EXTINÇÃO


Recife de ostra em restauração para medir eficiência de proteção no Alabama, EUA (Foto: Divulgação)


Pesquisa afirma que ostras nativas estão em extinção

07/02/2011

Pesquisa afirma que ostras nativas estão em extinção
No Brasil, no entanto, a maioria desses moluscos é originária de fazendas de produção e não corre riscos

FOLHA DE SÃO PAULO

As ostras nativas estão desaparecendo, diz um novo estudo na revista científica "BioScience".
Um levantamento mundial mostrou que 85% dos recifes naturais de ostras pelo mundo estão em situação crítica. Em alguns lugares da Europa, esses moluscos nativos já são classificados como "funcionalmente extintas".

Os cientistas da ONG The Nature Conservancy e da Universidade da Califórnia em Santa Cruz (EUA) apontam que a América do Norte e a Austrália estão entre as regiões mais afetadas.
Isso não significa, porém, que não se poderá mais comer ostras, pois o estudo não engloba fazendas marinhas produtoras dos moluscos.

O Brasil, segundo Theresinha Monteiro Absher, especialista no tema da Universidade Federal do Paraná, não segue essa tendência de desaparecimento dos recifes naturais de ostras.
"Nossos bancos de ostras estão muito bem providos. Há um pouco de extração, mas não há extinção", diz.
Boa parte da produção brasileira, especialmente em Santa Catarina, é feita em fazendas marinhas. Elas são, porém, pequenas em comparação com as grandes fazendas do exterior.
"As da Austrália e dos EUA são campos enormes. Mas o brasileiro não tem tanto hábito de consumir ostra. No interior muita gente nem sabe o que é, ", conclui Absher.

FSP, 07/02/2011, Ciência, p. C11

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ciencia/fe0702201104.htm 

BLOG
SOS RIOS DO BRASIL
ÁGUA - QUEM PENSA, CUIDA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo e deixe aqui seus comentários, idéias, sugestões, propostas e notícias de ações em defesa dos rios, que vc tomou conhecimento.
Seu comentário é muito importante para nosso trabalho!
Querendo uma resposta pessoal, deixe seu e-mail.

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários. Portanto, não serão publicados comentários que firam a lei e a ética.

Por ser muito antigo, o quadro de comentários do blog ainda apresenta a opção comentar anônimo; mas, com a mudança na legislação,

....... NÃO SERÃO PUBLICADOS COMENTÁRIOS DE ANÔNIMOS....

COMENTÁRIOS ANÔNIMOS, geralmente de incompetentes e covardes, que só querem destruir o trabalho em benefício das comunidades FICAM PROIBIDOS NESTE BLOG.
No "COMENTAR COMO" clique no Nome/URL e coloque seu nome e cidade de origem. Obrigado
AJUDE A SALVAR OS NOSSOS RIOS E MARES!!!

E-mail: sosriosdobrasil@yahoo.com.br